Dicas QVM TV Saúde

Como lidar com a ansiedade

Deixe um comentário

Você está com dificuldade em relaxar, acalmar os pensamentos? Está sempre buscando novos estímulos?

Esses são fortes sintomas da Síndrome do Pensamento Acelerado (Spa).

É uma doença moderna e, de acordo com especialistas, ela atinge mais de 70% da população. E isso inclui crianças, adolescentes e adultos.

Achei muito interessante trazer esse assunto aqui porque venho falando muito sobre criarmos a vida que desejamos e acredito que isso inclui uma mudança no nosso estilo de vida!

Augusto Cury, psicanalista e escritor, lançou o seu livro Ansiedade e nele ele questiona:

Por que chegamos a esse nível de ansiedade? Veja tudo isso no QVM TV dessa semana!

Agora, eu gostaria de ouvir de você. Pense seriamente nas respostas para essas perguntas!

1. Me identifico com o agiota ou o autoagiota da emoção? Como posso começar hoje a melhorar esse tipo de comportamento?

2. Tenho conversado com os meus fantasmas? Como posso resgatar a liderança do meu eu?

Deixe seu comentário aqui abaixo! Eu vou adorar trocar experiências com você ;)

Continue firme construindo a vida que você deseja, um passo de cada vez!

Com carinho,

Vanessa

Você pode gostar também desses programas:
> Descubra como dizer não sem peso na consciência
> Como manter o foco mesmo com tantas distrações

Produção do Look: Sara Peruzzo Coaching, Imagem e Estilo
Roupas e Acessórios: Boutique BellaBia

9 Comentários | Deixe o seu

  • Ligia

    Oi Vanessa, o tema é ótimo. Só em parar, analisar e pensar nas respostas pra te dar, já me fez muito bem. Obrigada. Beijos <3

  • Carla

    olá, Vanessa!!! Muito bom seu vídeo.
    Acredito seriamente que tenho essa síndrome do pensamento acelerado, já há muito tempo… Isso com certeza prejudica-me no dia a dia, pois sou muito ansiosa, e, isso acaba prejudicando na minha concentração principalmente no trabalho.
    Vamos as perguntas…
    Indentifico-me como o autoagiota, o que fazer para melhorar é Tentar sempre fazer as coisas tudo no seu tempo no meu alcance, talvez no fim do dia dar uma caminhada, fazer exercicios, acredito que vão me ajudar.

  • Sueli Oliveira da Silva

    Eu sofro de SPA, só não consigo me identificar melhor com o agiota ou o autoagiota da emoção, sou bem meio a meio. Enfim, me interessei em saber mais sobre o conteúdo do livro e das conclusões do Dr. Augusto Cury, graças ao seu levantamento da questão. Obrigada, pois até já desacelerei um tantinho, pois muita coisa agora começou a fazer um certo sentido…kkkk

    • Oi Sueli,
      Nossa… que comentário bacana… fiquei muito feliz em saber que pude ajudar você de alguma forma!
      Obrigada por compartilhar! Beijos

  • Rosa

    Boa tarde,
    Assistindo o seu vídeo me identifico com os dois sou um pouco agiota da emoção deixando a emoção falar mais auto na relação entre eu e meu namorado me doando demais e cobro muito certas atitudes dele e sou um poco autoagiota e a exigência que tenho em busca da minha felicidade. O que fazer?

    • Oi Rosa,
      Que bom que você conseguiu identificar…
      Acredito que o passo agora é você ir identificando quando e em quais situações que mais aparecem esses comportamentos para poder começar a mudar ou trabalhar o autocontrole.
      Forte abraço querida!

  • Olá excelente vídeo!!! Converso com meus fantasmas o tempo todo!!! e aos poucos vou os entendendo e os eliminando….mas vão surgindo outros….kkkk

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *